sexta-feira, janeiro 20, 2012

O Robert escreve sobre árvores (a propósito do último sábado)

An João


Heute habt Ihr über Bäume gesprochen.
Dass sie lange leben, gross sind. Besondere Wesen. Metaphysisch?
Keiner hat gesagt wie friedlich sie sind. Kein bisschen agressiv. Wehren sich nicht einmal wenn man sie fällt.
Eigentlich sind sie Pflanzen. Kein fleischfressenden. Und auch keine Mimosen, die sich zusammenrollen, wenn man sie anfasst.
Manche umarmen sie sogar.
Doch ich frage mich nur: gibt es noch andere Pflanzen, andere Wesen, in denen und aus denen man ein Haus bauen kann?




Para o João


Ontem estiveram a conversar sobre árvores.
Disseram que vivem muito tempo, que são grandes. Seres especiais. Metafísicos? 
Ninguém referiu como são pacíficas. Não têm ponta de agressividade. Não se defendem quando alguém vai para cortá-las.
Na verdade são plantas. Não comem carne. Mas também não são como as mimosas, que se encarquilham quando alguém lhes toca.
Há até quem as abrace.
Mas agora eu pergunto: existe outra planta, outro ser, dentro do qual e partir do qual é possível construir uma casa?

3 comentários:

Tatiana Faia disse...

Uma metafísica, caro João?

HaAs JaGeR disse...

Excelente. E vêem passar o tempo. E dão frutos. Que seríamos nós sem o azeite?

SOFIA disse...

Robert, genial!