quinta-feira, junho 17, 2010

Como deixar uma casa


Ando em arrumações e mudanças de objectos. A preparar uma mudança de ares. Daí já tanto tempo sem ter entrado aqui, nestes quartos escuros. Os dias passam muito depressa, e eu vou tendo todos os dias novas mágoas de abandonar coisas, de deixar coisas para trás. O poeta Ruy Ventura escreveu um livro chamado Assim Se Deixa Uma Casa. Mas eu não devo ter entendido nada.

3 comentários:

Teorificios disse...

Dá para partilhar algum poema com um poeta estrangeirado? Parece mentira, mas o acesso à poesia em português nem sempre é fácil nesta ponta da península.

Já agora: trata-se de deixar uma casa portuguesa com certeza? Ou sem certeza uma casa portuguesa?

Beggars: disse...

É uma pena mesmo. Eu lembro que seu apê era super bacana. Vai mudar para onde, se mal lhe pergunte? Bj

virna disse...

boa sorte no novo destino! adorei o novo visual do blog!

um beijo (também na estrada),

virna