segunda-feira, março 27, 2006

as sete diferenças. eu e a árvore



a árvore não tem inveja
a árvore dura duzentos anos
eu não dou frutos a colher
por mim não passam as estações
sou eu que passo por elas
a árvore não chora
a árvore sabe de onde vem
eu respiro pela boca

3 comentários:

Francisco disse...

Joao, isto está a ficar inquietante. Quais as diferenças entre ti e um poema?

rented rooms disse...

Bom! Muito bom, amigo! Passa lá no estabelecimento!
bjo

Silvia Chueire disse...

gosto destes poemas.

silvia chueire